• vcnaonda.com

QS Maresias, etapa que seria após a de Itacaré, foi cancelada, devido a falta de recursos

Com dificuldades para arrecadar recursos e conseguir patrocínios para o torneio, o QS Maresias, etapa da divisão de acesso do surfe mundial, que seria disputado em outubro, foi adiado para junho de 2020. No fim do ano passado, a prefeitura de São Sebastião havia confirmado que a etapa aconteceria no fim de 2019, mas sem verba, a etapa acabou adiada e ainda não tem confirmação oficial para o próximo ano.

QS Maresias 2018 final Wesley Santos, Yago Dora e Jessé Mendes — Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com O campeonato que reúne os principais surfistas do Brasil, incluindo atletas da elite mundial, no ano passado rendeu ao campeão, Yago Dora, três mil pontos no ranking de acesso à elite, além do prêmio de US$ 12 mil. Os irmãos Miguel e Samuel Pupo, moradores de São Sebastião, ficaram empatados no terceiro lugar. A intenção dos organizadores, era que o evento de 2019 fosse uma etapa prime, com 10.000 pontos ao campeão.

Filipe Toledo, Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho, na coletiva de imprensa do QS Maresias — Foto: Reprodução/Instagram Mesmo para junho de 2020, a disputa em Maresias ainda não está confirmada e depende da viabilização de patrocínio, além dos recursos da Lei de Incentivo Fiscal da cidade. De acordo com os responsáveis, a decisão final acontecerá até fevereiro do próximo ano. Realizado desde 2014 (com exceção de 2016, quando ocorreu em Santa Catarina), o QS Maresias reuniu nos últimos anos os principais surfistas do mundo. Nas etapas de 2014 e 2015, quando rendia pontuação máxima no circuito de acesso, nomes como Gabriel Medina, Adriano de Souza, o Mineirinho, Owen Wilson e Filipe Toledo disputaram a competição.

Fonte: globoesporte.com

52 visualizações